Aplicação de produtos

DIMENSONAMENTO DE EQUIPAMENTOS DE ENERGIA SOLAR

Dimensionamento de equipamentos de energia solar fotovoltaica aplicados ao bombeio mecânico com hastes. 2017. 53 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia de Petróleo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Brasil, 2017. Keywords: Photovoltaic solar energy, artificial lift, sucker-rod pumping Tutor: Profª. Drª. Carla Wilza Souza de Paula Maitelli ABSTRACT _____ Photovoltaic

Inmetro - Tabelas de consumo/Eficiência energética

Rio de Janeiro PABX: (21) 2563-2800 Rua Santa Alexandrina, 416 Rio Comprido - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20261-232. Campus Xerém PABX: (21) 2679-9001

Unidade: Instalações prediais de coleta e condução de

A tabela a seguir apresenta os valores obtidos considerando Na tabela a seguir indicamos as capacidades das calhas semicirculares usando coeficiente de rugosidade n = 0,011 e as declividades indicadas: Diâmetro(mm) Vazões em litros por minuto Declividades (%) 0,5 1 2 100 130 183 256 125 235 333 466 150 384 541 757 200 829 1167 1634 1.4.2 Dimensionamento dos condutores Para o dimensionamento

BANCADA DE ENSAIOS OUTDOOR PARA

Este artigo consiste no planejamento e dimensionamento de uma bancada de ensaios Outdoor para aquecedores solares acoplados. Tal estudo foi analisado a situação do mercado de aquecimento solar tanto em aquecedores solares de coletores acoplados como também de coletores planos. Analisando a evolução do mercado de aquecimento solar ao longo dos anos e as expectativas futuras de

INSTITUTOSUPERIORDEENGENHARIADELISBOA

Fig. 6 - Tabela de Dimensionamento de Água Quente .. 29!! Dimensionamento!de!Redes!Prediais! 2011!! ix!! Fig: 7 - Tabela de Dimensionamento da Rede de Combate a Incêndio.. 31! Fig: 8 - Tabela de Dimensionamento de Tubos de queda .. 32! Fig: 9 - Ábaco de Dimensionamento de Tubos de Queda .. 35! Fig: 10 - Tabela de dimensionamento de colectores.. 36! Fig: 11 - Tabela de

Configurações para o dimensionamento dos

31.01.2019· O dimensionamento dos coletores prediais e dos subcoletores de esgoto é realizado seguindo os diâmetros recomendados na Tabela 7 da NBR 8160/1999, em que é considerada a contribuição de efluentes suportada pelo tubo, medida em Unidades de Hunter de Contribuição (UHC), em função das declividades mínimas.

Tabelas de Dimensionamento

Tabelas de Dimensionamento Tabela 1 e 2 - Fatores de correção para temperatura ambiente diferente de 30 ºC para cabos não en-terrados e de 20º C (temperatura de solo) para cabos enterrados. Notas comuns aos parágrafos 1 e 2: 1. Os fatores de redução para agrupamentos de circuitos são valores médios calculados para as dimensões dos condutores, os tipos de cabo e as condições de

Planilhas de Cálculo: Máquinas e

Planilhas de Cálculo: Máquinas e Equipamentos » Fabrica do Projeto » Planilhas, aplicativos, suporte técnico, engenharia e desenvolvimento de projetos mecanicos!

343o e dimensionamento de sistemas prediais de drenagem

Tabela 11. Dimensionamento dos colectores prediais de acordo com o Regulamento Português. .. 57 Tabela 12. Áreas efectivas da cobertura de acordo com a Norma EN 12056-3.. 58 Tabela 13. Caudais de cálculo de acordo com a Norma EN 12056-3.. 59 Tabela 14. Características geométricas das caleiras com as secções da tabela 8 de

DIMENSIONAMENTO DO SISTEMA DE DRENAGEM PLUVIAL

deficiente manutenção realizada nos sistemas coletores como as bocas de lobo e nas galerias pluviais, além da falta de adaptação de alguns pontos da cidade que apresentam problemas devido ausência de bocas de lobo. Como solução proposta, foi realizado um dimensionamento no loteamento Santa Bárbara de modo que diminua os impactos na região. Palavras-chave: Centralina-MG. Loteamento

Inmetro - Tabelas de consumo/Eficiência energética

Rio de Janeiro PABX: (21) 2563-2800 Rua Santa Alexandrina, 416 Rio Comprido - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20261-232. Campus Xerém PABX: (21) 2679-9001

MANUAL AQUECIMENTO SOLAR DE PISCINA SUJEITO A

Quantidade de coletores = ----- Quantidade de Coletor = 10.66 ajustar para 10 5.1. Dimensionamento do kit de instalação e preparação para instalação. Além do dimensionamento do número de coletores solar, é preciso dimensionar também o kit de instalação conforme a tabela abaixo: Kit de Instalação Item Dimensionamento

Instalações sanitárias: dimensionamento - Guia da

Tabela 5 – Dimensionamento de subcoletores e coletor predial. Dispositivos complementares Caixa de gordura. Como já vimos no post anterior, as caixas de gordura são caixas destinada a reter, na sua parte superior, as gorduras, graxas e óleos contidos no esgoto. Desse modo, para que as elas possam cumprir sua função, as caixas de gordura devem ser dimensionadas da seguinte forma: Para a

SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO PROF. MARCO AURELIO

3. HIDRÁULICA DE COLETORES DE ESGOTO c) Seções Circulares usando as equações acima em teremos: 2 512 sen g ( - sen ) D Q c 3 c c 5 2 = com = 2 arc cos D 2y 1 c. Assim foi possível montar a tabela 3.1 da página seguinte, a partir da qual é possível obter as profundidades críticas a partir de valores conhecidos de vazão e diâmetro.

Tabelas para dimensionamento de instalações elétricas Coelba

Dimensionamento de Instalaçöes Individuais - Sistema 380/220 V Disjun- Aterr. torA mm Tipo da Caixa Monofá- sica Polifá- sica Polifá- sica Metá- Motor Condutor mm 3F Aéreo Subt. Emb. Duto mm PVC Medi- 100 A 120 A 120 200 7,5 7,5 7,5 Li Li 10 12 12 12 3,1 10,1 8 10 15 öes Monofásicas C Instalada em kW Tensão 220 öes Bifásicas c öes Trifásicas - 25 25 25 25 15-16 40 50 60-63 a

Tabelas de Dimensionamento

Tabelas de Dimensionamento Tabela 3A - Capacidades de condução de corrente, em ampéres, para os métodos de referência e, f, g da Tabela 1. Seção nominal (mm2) Métodos de instalacão definidos na tabela 1 Cabos multipolares Cabos unipolares ou condutores isolados E E F F F G G Cabos bipolares Cabos tripolares e tetrapolares 2 condutores isolados ou 2 cabos unipolares Condutores isolados

PHD 0313 Instalações e Equipamentos Hidráulicos

Equipamentos Hidráulicos Aula 9: Instalações de Esgotamento Sanitário UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA HIDRÁULICA E AMBIENTAL Prof.: MIGUEL GUKOVAS Prof.: J .RODOLFO S. MARTINS Prof.: RONAN CLEBER CONTRERA . PHD0313/9/2 Objetivos da aula •Descrever os sistemas de afastamento de águas servidas

DIMENSIONAMENTO DE UM SISTEMA DE COLETORES SOLARES A

DIMENSIONAMENTO DE UM SISTEMA DE COLETORES SOLARES A VÁCUO PARA REFRIGERAÇÃO POR CICLO DE ABSORÇÃO DA OFICINA DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA DA UFRJ-MACAÉ Lucas de Oliveira Alves Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação submetido ao Corpo Docente da Engenharia Mecânica do Campus Macaé da Universidade Federal

DIMENSONAMENTO DE EQUIPAMENTOS DE ENERGIA SOLAR

Dimensionamento de equipamentos de energia solar fotovoltaica aplicados ao bombeio mecânico com hastes. 2017. 53 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia de Petróleo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Brasil, 2017. Keywords: Photovoltaic solar energy, artificial lift, sucker-rod pumping Tutor: Profª. Drª. Carla Wilza Souza de Paula Maitelli ABSTRACT _____ Photovoltaic

DICAS: Como Dimensionar Geradores de

No pico de partida, 58.000W, se forem iniciados simultaneamente, pode ser feito a partida isolado dos equipamentos. Recomendamos que o dimensionamento do consumo energético do empreendimento seja feito junto com um eletricista, que possa verificar a demanda diretamente no quadro de entrada.

Tabelas auxiliares para dimensionamento

Tabelas auxiliares para dimensionamento Versão 2017 . Sistema Predial de Água Fria _____ Tabela 1: Taxa de ocupação de acordo com a natureza do local Tabela 2: Consumo predial diário (ou consumo diário) Tabela 3: Vazão e pesos relativos nos pontos de utilização em função dos aparelhos sanitários e das peças de utilização Tabela 4: Pressões dinâmicas e estáticas nos pontos de

SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO PROF. MARCO AURELIO

3. HIDRÁULICA DE COLETORES DE ESGOTO c) Seções Circulares usando as equações acima em teremos: 2 512 sen g ( - sen ) D Q c 3 c c 5 2 = com = 2 arc cos D 2y 1 c. Assim foi possível montar a tabela 3.1 da página seguinte, a partir da qual é possível obter as profundidades críticas a partir de valores conhecidos de vazão e diâmetro.

RAPHAEL ALVIM DA SILVA

Tabela 12 – Dimensionamento dos desconectores .. 26 Tabela 13 – Unidades de Hunter de Contribuição para aparelhos não mencionados na Tabela 11 .. 27 Tabela 14 – Dimensionamento de ramais de esgoto .. 27 Tabela 15 – Dimensionamento de tubo de queda.. 28 Tabela 16 – Dimensionamento de coletor predial e subcoletores .. 29 Tabela 17 – Dimensionamento de

Anexo A – Dimensionamento

A.2. Dimensionamento das Tubagens53,54 As tubagens devem obedecer aos requisitos genéricos referidos no parágrafo 4.3.2., nomeadamente no que se re f e r e à velocidade máxima admissível do escoamento. Relembra-se que as diferenças de temperatura entre ida e re t o r no têm os valores considerados e já re f e r i - dos, permitindo a utilização de diâmetros de tubagem mais pequenos

Dimensionamento de Sistema Solar - SunLab Power

Dimensionamento de Sistema Solar Autônomo (Off-Grid) Sistemas de geração elétrica através da luz solar - fotovoltaicos, podem ser conectados à rede elétrica (ON-GRID) ou autônomos (OFF-GRID). A complexidade ou não do dimensionamento de um sistema autônomo "OFF-GRID" dependerá da aplicação: Tensão de trabalho e numero de fases; Quantidade de pontos de consumo; Período de

INSTALAÇOES PREDIAIS DE ESGOTOS SANITÁRIOS

TABELA 6 – Distância máxima do sifão ao ramal de ventilação DN (mm) Distância máxima (m) 1,00 50 1,20 75 1,80 100 2,40 TABELA 7 – Dimensionamento da coluna e barrilete de ventilação DN do tubo de Unidades Hunter de contribui-ção DN mínimo do tubo de ventilação 30 40 50 75 100 150 200 Comprimento máximo permitido (m)

MANUAL TS SOLAR

• Dimensionamento dos coletores 2. FORMAS DE PERDA DE CALOR 1. Condução: Representa o calor perdido pelas paredes da piscina. Para piscinas suspensas, recomenda-se o uso de isolamento térmico nas paredes; 2. Reposição da Água: Ocorrerá uma pequena perda de água durante a filtragem limpeza, o que representa menos de 5% da perda total de calor. 3. Evaporação: Recomenda-se o

Reembolso de equipamentos coletores e

Reembolso de equipamentos coletores e adjuvantes para estomias. A AMS prevê a cobertura dos equipamentos coletores e adjuvantes para estomias, de acordo com os critérios e limites de coberturas definidos na Resolução Normativa da ANS n° 325/2013. A cobertura se dará exclusivamente através de reembolso, com a co-participação do Pequeno Risco ou Grande Risco. Importante:

Tabelas de Dimensionamento

Tabelas de Dimensionamento Tabela 3A - Capacidades de condução de corrente, em ampéres, para os métodos de referência e, f, g da Tabela 1. Seção nominal (mm2) Métodos de instalacão definidos na tabela 1 Cabos multipolares Cabos unipolares ou condutores isolados E E F F F G G Cabos bipolares Cabos tripolares e tetrapolares 2 condutores isolados ou 2 cabos unipolares Condutores isolados

Tabelas auxiliares para dimensionamento

Tabelas auxiliares para dimensionamento Versão 2017 . Sistema Predial de Água Fria _____ Tabela 1: Taxa de ocupação de acordo com a natureza do local Tabela 2: Consumo predial diário (ou consumo diário) Tabela 3: Vazão e pesos relativos nos pontos de utilização em função dos aparelhos sanitários e das peças de utilização Tabela 4: Pressões dinâmicas e estáticas nos pontos de